O que são Varizes?

O que são Varizes?

As Varizes são veias dilatadas que surgem com maior frequência nas pernas e podem causar dor e inchaço no decorrer do tempo.

Fazem parte de um espectro de situações clínicas designadas por “Doenças Venosas Crónica” e é comum o seu aparecimento em pessoas que têm a necessidade de ficar longos períodos em pé.

Segundo dados estatísticos, as Varizes podem atingir até 30% da população adulta.

Apesar de este problema vascular predominar no sexo feminino, os homens também podem sofrer com o aparecimento destas veias tortuosas.

Telangiectasias

Além das varizes, a maioria das mulheres queixa-se da presença de Telangiectasias, vulgarmente chamadas de “derrames”, “aranhas vasculares” ou “raios”.

Estes pequenos vasos são subcutâneos e, pela sua cor roxa, vermelha ou azul, tornam-se muito evidentes. 

Para além do impacto psicológico e social causado pela sua inestética, são motivo de grande ansiedade pelo medo de agravamento progressivo.

Contudo, não é só a questão estética que deve ser causa de preocupação. Estes pequenos vasos podem significar doença venosa subjacente e, portanto, deve ser procurada a avaliação por Cirurgia Vascular.

Sintomas das Varizes

As manifestações da Doença Venosa Crónica podem variar em cada caso. Estes são alguns dos sintomas que podem surgir:

  • Desconforto nas pernas (geralmente descrito como sensação de peso);
  • Agravamento da dor após longos períodos em pé (aliviada pelo repouso com pés elevados);
  • Manchas escuras nas pernas;
  • Sensibilidade na zona das veias dilatadas;
  • Inchaço sobretudo nos tornozelos e pés;
  • Formigueiro e comichão.

Para além da presença de Varizes, ou de Telangiectasias, as pernas podem apresentar edema e alterações da pele, que pode ficar pigmentada e/ou atrofiada.

Este processo culmina por vezes no aparecimento de úlceras venosas (feridas crónicas que surgem geralmente junto aos tornozelos) que implicam custos significativos em termos de qualidade de vida e podem ser de difícil cicatrização.

A Doença Venosa Crónica aumenta ainda o risco de outros problemas dermatológicos, nomeadamente eczema e infeções cutâneas.

É por isso importante que se tiver alguns destes sintomas marque uma consulta de cirurgia vascular.

Causas das Varizes

Diversas situações têm sido implicadas como fatores associados ao aparecimento de Varizes, tais como os seguintes 7: 

  1. Obesidade;
  2. Antecedentes familiares; 
  3. Ocupação que obrigue a longos períodos de pé;
  4. Tabagismo;
  5. Sedentarismo;
  6. Uso de anticoncecionais (pílula);
  7. Dieta pobre em fibras.

No entanto, as Varizes podem também representar uma sede de tromboflebites.

Este fenómeno consiste na trombose do sangue no interior da Variz que assim fica ocluída e inflamada. Quase sempre consegue palpar-se um cordão avermelhado e extremamente doloroso ao longo do trajeto da flebite.

Trata-se de uma situação que deve beneficiar de tratamento expedito uma vez que apresenta algum risco de complicações sérias, nomeadamente extensão da trombose para veias mais profundas (Trombose Venosa Profunda) ou entrada em circulação de fragmentos do trombo (Embolia Pulmonar).

Tratamentos para Varizes

O plano de tratamento de Varizes, seja ele clínico ou estético, tem de ser adaptado a cada caso.

Muitas mulheres, mas também homens, procuram um cirurgião vascular apenas por questões estéticas.

No entanto, é necessário uma análise completa para perceber todas implicações de possíveis problemas vasculares. A avaliação numa consulta de Cirurgia Vascular permitirá o início do processo diagnóstico e terapêutico, após a realização de um Eco-Doppler.

Quanto aos métodos, dependendo da situação clínica, existem fundamentalmente 4 tratamentos eficazes de Varizes.

Como prevenir o aparecimento de Varizes nas Pernas?

Para evitar o aparecimento de Varizes, adote um estilo de vida mais saudável e:

  • Hidrate o corpo diariamente;
  • Evite estar muito tempo em pé;
  • Não utilize calças, meias, ligas ou cintas muito apertadas;
  • Modere a exposição ao sol;
  • Não tome banho com água muito quente;
  • Evite o excesso de peso, tabagismo e bebidas alcoólicas.