Um tratamento para secar varizes nas pernas

Assista às explicações da Dra. Joana de Carvalho sobre escleroterapia

Ver mais vídeos

O que é a Escleroterapia de Varizes?

A escleroterapia, vulgarmente conhecida como “secagem de Varizes”, consiste na injeção local de um líquido que provoca o colapso das pequenas veias, levando ao seu desaparecimento.

Existem 3 tipos deste procedimento:

Marque a sua consulta de varizes

Escleroterapia de pequenos vasos

A escleroterapia de pequenos vasos é um tratamento feito em consultório, ao longo de várias sessões, cujo número depende da quantidade e tipo de vasinhos a tratar.

Em cada sessão, com cerca de 20 a 30 minutos de duração, são tratadas várias dessas pequenas veias com uma agulha muito fina, tornando o tratamento indolor.

Ao longo das sessões irá notar uma melhoria progressiva que irá levar ao resultado estético desejado. O intervalo entre cada sessão deve ser pelo menos de uma semana, podendo ser ajustado de acordo com a conveniência da paciente.

Geralmente é utilizada uma luz (transiluminador ou fleboscópico) que permite identificar a veia que “alimenta” cada conjunto de pequenos vasos, permitindo a eliminação da sua origem e, assim, obter um melhor e mais definitivo resultado, evitando a repetição de picadas desnecessárias.

Escleroterapia com Espuma

É uma técnica que permite o tratamento eficaz de varizes de grande calibre, sem cirurgia e sem repouso.

Neste caso, é injetada nas veias uma mistura de ar e líquido esclerosante (“espuma”). Este procedimento é realizado no consultório, sem necessidade de qualquer tipo de anestesia, internamento ou interrupção da rotina diária.

Este método é particularmente adequado em pacientes mais idosos, com úlceras venosas, com contra-indicação para cirurgia ou que pura e simplesmente não queiram ser operados.

Escleroterapia Ampliada

Neste tipo de “secagem” de Varizes é possível que várias sessões de escleroterapia sejam feitas num único dia, antecipando o desaparecimento dos vasinhos. Isto é possível porque o tipo de líquido utilizado é diferente e o tratamento foca-se na secagem das veias que alimentam os pequenos derrames.

Cada sessão é mais prolongada, podendo durar mais de uma hora, o intervalo entre sessões é encurtado e o número de sessões muito reduzido.

Este tratamento é feito no consultório, dispensa cirurgia ou repouso e permite um resultado estético mais rápido.

Cuidados a ter depois da Escleroterapia

Depois deste tratamento é possível retomar a sua atividade habitual, devendo, em casos gerais, beneficiar do uso de meia de contenção elástica durante os 3 dias seguintes.

Durante os primeiros dias após a sessão de “secagem” deve evitar grandes esforços, exposição solar ou a outras fontes de calor (banhos de imersão, sauna, etc.) para otimizar os resultados.

No entanto, e como cada caso é um caso, no final do seu tratamento ser-lhe-ão recomendados os cuidados necessários.

Marque a sua consulta de varizes

Riscos da Escleroterapia

A escleroterapia é um tratamento simples e muito seguro, que permite ótimos resultados. Mas, como qualquer tratamento, pode ter alguns efeitos laterais. A avaliação inicial cuidada é essencial para os evitar e otimizar o resultado.

Entre os efeitos indesejáveis mais comuns encontram-se a hiperpigmentação, isto é, o aparecimento de pequenas manchas acastanhadas no local do tratamento, e o matting, que consiste no aparecimento de mais telangiectasias.

Felizmente, na maioria dos casos, estas situações são temporárias, resolvendo-se ao longo de alguns meses, sem necessidade de qualquer tratamento.

Em situações muito raras podem ocorrer feridas da pele e tromboflebites.

Qual o preço de um tratamento de Escleroterapia – Tratamento para secar varizes nas pernas?

O preço de um tratamento de escleroterapia depende da avaliação de cada caso e do método adequado a utilizar. Deste modo, para que lhe seja indicado um preço de referência, peça essa informação através do nosso formulário de contacto.

Peça um orçamento

Outros Tratamentos para Eliminar Varizes