Quem são os médicos de cirurgia vascular?

Muitas vezes recorremos aos serviços de um médico de uma determinada especialidade, sem conhecer o seu exaustivo percurso formativo e profissional que o tornaram no profissional que é actualmente. Esta é a situação de desconhecimento que se verifica numa parte significativa da população face aos médicos de cirurgia vascular.

Quando vamos a uma consulta com um médico de cirurgia vascular, nem sempre reconhecemos o papel que estes médicos especialistas desempenham na prevenção e no tratamento dos diversos distúrbios do foro vascular, que vai muito além das varizes.

Qual o percurso formativo dos médicos de cirurgia vascular?

O percurso formativo dos médicos de cirurgia vascular é semelhante ao de qualquer outro médico especializado numa determinada área da medicina. Para se ser especialista em qualquer área da saúde, primeiro é obrigatório ser médico. Assim, o primeiro passo formativo é a obtenção da Licenciatura em Medicina.

Para tal, é necessário a admissão à Faculdade de Medicina, dificultada pela elevada média de acesso exigida 8e para a qual se tem que começar a trabalhar já desde o ensino secundário).

Depois é um longo percurso, durante 6 anos, marcado por muitas horas de estudo, de estágios em hospital e de exames até à obtenção da Licenciatura.

Mas neste momento ainda não se é médico. Para se tornarem médicos, tiveram ainda que cumprir 2 anos de Internato Geral, onde exerceram medicina tutelada nas diferentes áreas: Medicina Interna, Cirurgia Geral, Pediatria, Medicina Geral e Familiar.

Para se tornarem médicos de cirurgia vascular, os médicos têm que fazer uma especialização em Angiologia e Cirurgia Vascular. As especialidades são escolhidas mediante nota obtida num exame nacional e dependente do número de vagas existentes no país para as disferentes especialidades.

A formação específica em Angiologia e Cirurgia Vascular tem a duração de 6 anos, ao longo dos quais se desenvolvem conhecimentos específicos e se adquir proficiência nas diferentes áreas e nos diversos procedimentos diagnósticos e cirúrgicos.

O que esperar de consultas com médicos de cirurgia vascular

Se vai procurar médicos de cirurgia vascular é muito provável que o faça por indicação do seu médico de família ou porque apresenta sinais comuns de problemas circulatórios. Os motivos mais comuns para se procurarem consultas com médicos de cirurgia vascular são a sensação de pernas pesadas no final do dia e o aparecimento de varizes nos membros inferiores.

São problemas muito comuns entre a população adulta portuguesa, mas que por vezes são negligenciados, por se desconhecerem as complicações que podem gerar.

Durante a consulta, os médicos de cirurgia vascular, procedem a uma entrevista de cada doente, de forma a ficarem a conhecer melhor o caso em questão, bem como a possibilidade de o problema ser de outra ordem que não vascular. Além do exame objectivo para avaliar as manifestações da doença, muitas vezes é realizado um eco-Doppler, que mais não é do que uma ecografia que permite avaliar o funcionamento das veias e artérias. Por fim, o médico irá delinear a opção terapêutica que melhor se adaptar às suas necessidades especificas.

Para mais informações consulte o site www.cirurgia-vascular.pt

Dra. Joana de Carvalho - Especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular

Licenciada em Medicina e Cirurgia iniciou a formação específica em Angiologia e Cirurgia Vascular em 2005, no Hospital de S. João. Obteve o grau de especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, submetendo-se, posteriormente, ao exame de certificação europeu, obtendo o título de Fellow of the European Board of vascular Surgery. Desempenhou funções de Consultora Científica na área de Cirurgia Vascular do Programa Harvard Medical School Portugal. Realizou o curso Master em Fleboestética e fez certificação na técnica CLaCS (Cryo-Laser & Cryo-sclerotherapy), ambas no Brasil. Atualmente concentra a sua atividade na prática de técnicas minimamente invasivas, sem necessidade de internamento ou repouso e com resultados cosméticos otimizados. Mantém presença assídua em revistas com artigos temáticos na área da cirurgia vascular, bem como em programas de televisão onde aborda vários temas de cirurgia vascular e explora as soluções para o tratamento de derrames e varizes.

Partilhe este artigo