Angiodinografia: o que se esconde neste nome complicado

EscleroterapiaA angiodinografia é o nome técnico do exame vulgarmente conhecido por eco-Doppler e que permite medir o fluxo sanguíneo e a sua direcção no interior dos vasos sanguíneos.

Este exame tem a vantagem de ser indolor e não invasivo, recorrendo apenas a tecnologia ultrassom, com capacidade para transformar as ondas do ultrassom em imagens.

A realização da angiodinografia é muito comum, sendo especialmente utilizada no diagnóstico e estudo dos seguintes problemas de saúde:

. Coágulos sanguíneos - como por exemplo tromboflebites, tromboses venosas profundas;
. Varizes;
. Doenças cardíacas congénitas e mau funcionamento de válvulas do coração;
. Estenoses arteriais;
. Aneurismas;

Ao realizar uma angiodinografia torna-se possível aferir a velocidade do sangue circula nas veias e artérias, por via da alteração dos sons produzidos pelo ultrassom.

Uma das grandes vantagens da angiodinografia prende-se com o facto de ser uma alternativa menos invasiva a outros meios auxiliares de diagnóstico. Realizar este exame é completamente indolor e requer apenas que o técnico responsável, segure um aparelho de pequenas dimensões (sonda) junto à pele do doente, não existindo quaisquer limitações de atividade no período imediatamente seguinte à realização do exame, nem necessidade de qualquer preparação prévia. No caso deste exame ser realizado para avaliar varizes, este será realizado com o doente em pé, sendo efectuadas ligeiras pressões manuais nas pernas, para estudar a função das válvulas das veias.

Qual a relação entre a angiodinografia e o tratamento de varizes?

O recurso à angiodinografia é uma constante na abordagem das varizes. Este exame permite, antes de tudo, fazer o diagnóstico adequado. Além disso, permite fazer o "mapeamento" das varizes, ou seja, definir a sua origem e trajecto, o que vai permitir delinear a estratégia terapêutica mais definitiva possível. Com este exame o médico pode, também, avaliar o estado estrutural do vaso sanguíneo em questão, em relação à sua dimensão, à presença de obstruções e de outras lesões, bem como a velocidade a que o sangue circula no mesmo.

Os dados recolhidos durante a angiodinografia são essenciais para definir um processo terapêutico

Os dados recolhidos durante a angiodinografia permitem ao médico responsável, além de obter informações mais detalhadas do que as que a simples observação e palpação permite recolher, adequar melhor o rumo terapêutico a seguir, com vista à obtenção de resultados satisfatórios e o mais duradouros possível.

A doença venosa crónica tem a particularidade de não oferecer uma opção terapêutica única.

Assim, a avaliação individual de cada caso é essencial, para que seja possível a selecção do tratamento mais adequado.

Por outro lado, o recurso ao Eco-Doppler pode também ser uma etapa crucial de muitas técnicas terapêuticas. Com efeito, a esclerose com espuma ou ablação com radiofrequência ou laser, são realizadas com controlo ecográfico intra-operatório.

Saiba mais sobre o Eco-Doppler »

Dra. Joana de Carvalho - Especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular

Licenciada em Medicina e Cirurgia iniciou a formação específica em Angiologia e Cirurgia Vascular em 2005, no Hospital de S. João. Obteve o grau de especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, submetendo-se, posteriormente, ao exame de certificação europeu, obtendo o título de Fellow of the European Board of vascular Surgery. Desempenhou funções de Consultora Científica na área de Cirurgia Vascular do Programa Harvard Medical School Portugal. Realizou o curso Master em Fleboestética e fez certificação na técnica CLaCS (Cryo-Laser & Cryo-sclerotherapy), ambas no Brasil. Atualmente concentra a sua atividade na prática de técnicas minimamente invasivas, sem necessidade de internamento ou repouso e com resultados cosméticos otimizados. Mantém presença assídua em revistas com artigos temáticos na área da cirurgia vascular, bem como em programas de televisão onde aborda vários temas de cirurgia vascular e explora as soluções para o tratamento de derrames e varizes.

Partilhe este artigo